Obs.: a página impressa não é necessariamente idêntica à página exibida na tela.
Item adicionado ao pedido! E agora?
Permanecer na página atualIr para a tela de finalização do pedido
Voltar ao topo.
93,3 FMOuça ao vivo
Tocando agora: Daqui a pouco mais músicas na Oeste Capital!

Projetos liderados por mulheres dão novas perspectivas de carreira

AnteriorPróximo
« Última» Primeira
ImprimirReportar erroTags:g1, d, vulnerável, situação, negras, cursos, e somente181 palavras2 min. para ler
Projetos liderados por mulheres dão novas perspectivas de carreiraVer imagem ampliada
No Brasil, o índice de desemprego entre mulheres fechou 2017 em 13,4%, totalizando 6,24 milhões de pessoas, segundo a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD). As mais afetadas são as mais jovens e com baixa escolaridade. Frente a essa realidade, três mulheres criaram projetos que dão novos horizontes de carreira e emprego a mulheres:
·         Duilia de Mello é criadora da Associação “Mulher das Estrelas“, que leva palestras e o incentivo do ensino de ciências exatas a alunas de escolas públicas e particulares de todas as idades. Ela quer que mais meninas pensem em escolher carreiras consideradas masculinas pela maioria da sociedade e estimular a ambição nelas.
·         Buh D`Angelo é dona do Infopreta, loja de conserto e manutenção de computadores. Ela somente emprega e dá cursos para mulheres negras em situação vulnerável. E doa computadores reformados para universitários que não tem condição de comprá-los.
Emanuela Farias coordena o negócio social “Mulheres Do Sul Global“, que emprega refugiadas no setor de corte e costura. Ideia que teve após perder o emprego e fazer uma viagem de voluntariado na Índia.
Fonte e imagem: G1
 
 

Fonte:G1
Compartilhar página nas rede sociais:
CompartilharCompartilharTweetarCompartilharPin it

Últimos recados

AnteriorPróximo

Curta o nosso site!

AnteriorPróximo