Obs.: a página impressa não é necessariamente idêntica à página exibida na tela.
Voltar ao topo.
Oeste Capital 93.3 FM
93,3 FMOuça ao vivo
Tocando agora: Daqui a pouco mais músicas na Oeste Capital!

Projeto estimula expressões através da ludicidade

AnteriorPróximo
« Anterior« Última» Próxima» Primeira
ImprimirReportar erroTags:chapecó, possibilidades, prazerosas, permitiram, descobertas, desencadearam, conhecimentos e acerca276 palavras4 min. para ler
Projeto estimula expressões através da ludicidadeVer imagem ampliada
O projeto “Cantar, sentir, observar: vamos explorar”, realizado na turma do berçário, envolvendo crianças de 04 meses a 01 ano, do Centro de Educação Infantil Municipal Ciranda da Criança no Loteamento Jardim do Lago, tem por objetivo proporcionar o desenvolvimento das expressões e dos sentidos através da ludicidade e da experimentação de diversos materiais. A professora utilizou tampões de pacotes de lenços umedecidos para realizar a atividade denominada sensações, onde ao abrir e fechar, as crianças tem a possibilidade de explorar diferentes materiais, formas e texturas, com isso ampliam a capacidade de expressão e conhecimento do mundo uma vez que o contato com novidades permite à criança construir novos saberes.
Através de cantigas, danças, pinturas, garatujas, os pequenos tem a oportunidade de conhecer e explorar os mais variados objetos e sensações utilizando os diferentes órgãos dos sentidos, interagindo com o ambiente da sala de aula e com os colegas de forma intensa e produtiva. Ao longo do projeto as crianças vivenciaram atividades lúdicas e prazerosas que permitiram descobertas de diferentes sensações que desencadearam novos conhecimentos acerca dos limites e possibilidades do próprio corpo, como: piscina de gelatina e a experimentação de diversificados tipos de frutas e de aromas.
De acordo com Anisia Ripplingler de Abreu, professora responsável pelo projeto, ele foi bem significativo para as crianças. “Percebi muitas mudanças neles, principalmente a questão da autonomia”, comentou. Anisia explicou ainda que o projeto como um todo, envolveu desde o conhecimento do corpo, palpação de frutas, preensão, pegar a colher de maneira correta. “Fica a alegria de ter desenvolvido este trabalho de uma forma que deu certo, que os resultados foram bem significativos”, destacou.
Fonte e imagem: Prefeitura de Chapecó

Fonte:PMC
Compartilhar página nas rede sociais:
CompartilharCompartilharTweetarCompartilharPin it

Últimos recados

AnteriorPróximo

Curta o nosso site!

AnteriorPróximo