Obs.: você está visualizando a versão para impressão desta página.
Voltar ao topoVer em Libras

Prejuízo da BRF dispara em mais de 90% no terceiro trimestre: O futuro do gigante alimentício está em risco?#

  1. Início
  2. BlogCentral de ajudaContatoEventosMapa do siteMural de recados
  3. Geral
  4. Prejuízo da BRF dispara em mais de 90% no terceiro trimestre: O futuro do gigante alimentício está em risco?
Veja também
🔀Categoria:Geral
ImprimirReportar erroTags:brf, aumento, redução, geração, empresa, prejuízo e trimestre475 palavras5 min. para ler


A BRF, uma das maiores companhias de alimentos do Brasil, enfrentou um período desafiador no terceiro trimestre de 2023, marcado por um aumento significativo em seu prejuízo e alterações em diversos indicadores financeiros.

Aumento considerável do prejuízo
No 3º trimestre de 2023, a BRF reportou um aumento de 91,8% no prejuízo, atingindo R$ 262 milhões, em comparação com o mesmo período do ano anterior. Esse aumento expressivo reflete um cenário desafiador para a empresa.

Queda na receita líquida
A receita líquida da BRF também sofreu um declínio, com uma queda de 1,8%, indo de R$ 14,056 bilhões para R$ 13,806 bilhões. Esse recuo, embora modesto, sinaliza desafios na geração de receitas.

Desempenho positivo no Brasil
Apesar dos obstáculos, o segmento brasileiro da BRF apresentou um desempenho positivo. A margem Ebitda ajustada no Brasil avançou 2,2 pontos percentuais, chegando a 11,9% – um marco importante, alcançando dois dígitos pela primeira vez em dois anos.

Reação do mercado
As ações da BRF reagiram a esses resultados com um aumento de 2,6%, cotadas a R$ 12,62, indicando uma resposta positiva do mercado apesar dos desafios enfrentados.

Recomendações de investimento
Em relação às recomendações de investimento, o BB Investimentos manteve uma postura neutra, citando preocupações com a performance dos negócios internacionais e a geração de caixa. Por outro lado, a Genial Investimentos expressou um otimismo cauteloso, destacando a potencial queda nos preços das commodities e a redução de alavancagem, apesar de haver incertezas quanto à melhoria operacional no segmento internacional e redução do endividamento.

Perspectivas futuras
O CEO da BRF se mostrou otimista, projetando uma estabilização nos resultados no 4º trimestre, impulsionados pelas festividades de final de ano. Além disso, a administração da empresa enfatizou melhorias no desempenho operacional, refletidas na margem Ebitda de 11,9%.

Contexto global e estratégia de exportação
Globalmente, a BRF enfrentou o desafio do excesso de oferta de frango, que pressionou os preços em alguns mercados. No entanto, há sinais de desaceleração no alojamento de frangos em grandes fornecedores, e os preços estão se recuperando em alguns mercados, o que pode ser benéfico para as exportações da empresa.

Redução de custos e estratégia de compra de grãos
A administração da BRF destacou a eficiência do seu modelo estratégico de compra de grãos e a redução dos custos do milho, uma matéria-prima essencial, como fatores positivos impactando os resultados.

Geração de caixa
A geração de caixa da BRF, medida pelo Ebitda, foi ligeiramente acima das expectativas, alcançando 1,2 bilhão de reais, o que representa um aspecto positivo em meio a um cenário geral desafiador.

Em resumo, a BRF enfrenta um período de desafios significativos, mas com sinais de melhoria operacional e expectativas positivas para o futuro. A empresa se encontra em um ponto de equilíbrio, buscando superar as adversidades enquanto capitaliza as oportunidades que surgem.

O post Prejuízo da BRF dispara em mais de 90% no terceiro trimestre: O futuro do gigante alimentício está em risco? apareceu primeiro em ClicRDC.

Fonte:https://clicrdc.com.br/categoria-geral/prejuizo-da-brf-dispara-em-mais-de-90-no-terceiro-trimestre-o-futuro-do-gigante-alimenticio-esta-em-risco/

Últimos recados#

Siga no Facebook#

+55 (49) 3361-3130Fale conosco agora
Controle sua privacidade:

Este site usa cookies para melhorar a navegação.
Termos legais e privacidadeOpt-out