Obs.: você está visualizando a versão para impressão desta página.
Voltar ao topoVer em Libras
93,3 FMOuça ao vivo
Tocando agora:Daqui a pouco mais músicas na Oeste Capital!

Polícia recupera carro furtado antes mesmo da vítima se dar conta do crime#

« Mais recente🔀Categoria:Geral
ImprimirReportar erroTags:anos, veículo, roubo, foi, carro, chapecó e maio317 palavras3 min. para ler

Chapecó – Pouco antes das 3h da madrugada desta sexta-feira (22), a Polícia Militar prendeu um rapaz e recuperou o carro que ele havia furtado, antes mesmo de a proprietária do carro perceber o crime. A guarnição avistou um Fiat Uno, placas LWX-5663, azul escuro, no bairro universitário, e tentou fazer a abordagem, mas o condutor não obedeceu à ordem de parada e começou a fugir. Na sequência, os policiais conseguiram abordar o veículo na entrada do Loteamento Expoente.
O rapaz de 18 anos que conduziu o carro tentou abandonar o veículo e correr para o mato, mas foi localizado e preso. A proprietária do veículo, uma mulher de 44 anos, ainda não havia percebido que ele havia sido furtado. O carro estava estacionado perto do Celeiro Itália, em frente ao endereço onde trabalha como cuidadora de uma idosa. O homem preso confessou ter furtado o veículo minutos antes.
Ele possui inúmeras passagens policiais, entre elas: furto, roubo, porte ilegal de arma de fogo, receptação, ameaça, dano, desacato, posse de drogas e também já foi detido outras vezes com veículos furtados. Nas ocorrências de roubo que envolveu-se em Chapecó, destacam-se duas por roubo a taxistas, uma em dezembro de 2014 e outra em maio de 2015. Em ambas as oportunidades, ainda com 17 anos, foi apreendido pela Polícia Militar. Essa de maio de 2015 teve grande destaque: ele e comparsas roubaram um táxi em Chapecó, abandonaram o veículo em Xaxim e quando estavam voltando a pé foram pegos às margens da BR-282.

Ele completou 18 anos em 26 de maio do ano passado. Quatro dias depois, estando internado no Centro de Atendimento Socioeducativo Provisório (Casep) pelo roubo ao taxista, mas já com 18 anos, participou de uma rebelião no local, em que foram causados danos diversos e ameaçaram e tentaram agredir os monitores. Com isso, foi preso e ficou no Presídio Regional de Chapecó até 16 de outubro, quando conseguiu o direito de recorrer em liberdade.

Últimos recados#

Curta o nosso site#

Este site usa cookies para melhorar a navegação.
Termos legais e privacidadeOpt-out