Voltar ao topo.
93,3 FMOuça ao vivo
Tocando agora: Daqui a pouco mais músicas na Oeste Capital!

Mulher é presa por usar identidade falsa há 30 anos

« Anterior« Última» Próxima» Primeira
ImprimirReportar erroTags:miotto, utilizar, motorista, corrente, conta, abriu, teve e registrou229 palavras3 min. para ler
Mulher é presa por usar identidade falsa há 30 anosVer imagem ampliada
A Polícia Civil de Maravilha prendeu em flagrante, na quarta-feira (28), uma mulher paraguaia que utilizava identidade de brasileira há 30 anos. A partir deste documento, ela fez outros diversos usando o nome da ex-esposa do então marido. Ela foi autuada em flagrante pelos crimes de falsa identidade, fraude de lei sobre estrangeiro e falsidade ideológica. 

A mulher de origem paraguaia veio ao Brasil em 1985 com uma criança de dois anos e sem nenhum documento, acompanhando seu companheiro, com quem se separou recentemente. Em 1990, quando o segundo filho do casal nasceu, a mulher precisou de documentos, então, fez uma carteira de identidade em Santa Catarina utilizando os dados da ex-mulher de seu companheiro. A partir de então, passou a utilizar a identidade ideologicamente falsa, apresentando-se pelo nome da ex. Desta forma, registrou os três filhos que teve com o nome da ex-mulher de seu companheiro, abriu conta corrente, fez carteira de motorista, adquiriu veículo e imóvel, tudo em nome da mulher brasileira. 

Após, ser presa, ela confessou os fatos e disse que seu nome verdadeiro, nascida em 1962 no Paraguai. Ela inclusive disse que nem os próprios filhos sabiam seu verdadeiro nome. Diante da ausência de confirmação de sua real identidade, além de ter se apresentado perante a Autoridade Policial com o nome da brasileira, ela foi autuada em flagrante pelo Delegado de Polícia Civil João Miotto.

Fonte:Polícia Civil
Compartilhar página nas rede sociais:
CompartilharCompartilharTweetarCompartilharPin it

Últimos recados

Curta o nosso site!