Voltar ao topo.
93,3 FMOuça ao vivo
Tocando agora: Daqui a pouco mais músicas na Oeste Capital!

Ópera “Cosi Fan Tutte” de Mozart em Chapecó

« Anterior« Última» Próxima» Primeira
ImprimirReportar erroTags:prefeitura, sucumbem, noiva, cúmplice, criada, despina, alguma e resistência349 palavras5 min. para ler
Ópera “Cosi Fan Tutte” de Mozart em ChapecóVer imagem ampliada
Chapecó irá receber na próxima terça e quarta-feira, no Teatro Municipal do Centro de Eventos Plínio Alindo De Nes, a Ópera “Cosi Fan Tutte” de Mozart. Com iniciativa da Cia da Ópera, o evento conta com o apoio da Secretaria de Cultura. Os horários das apresentações são: dia 14, às 20h e no dia 15, às 17h. O evento tem entrada franca e tem como objetivo democratizar o acesso à ações culturais, populariza e difundir esta linguagem artísticas e oportunizar novas experiências aos chapecoense. Os ingressos estão disponíveis para a retirada na Secretaria de Cultura e Eventos, anexo ao Centro de Eventos, próximo a Arena Condá, de segunda a sexta-feira, das 13h às 19h ou no dia do evento com uma hora de antecedência no dia do evento.
Sobre a Ópera
Também chamada de “A Escola dos Amantes”, a comédia foi composta por Mozart por encomenda do imperador austríaco Joseph II, e estaria baseada em uma história real, em Viena. A cena passa-se na cidade de Nápoles, onde dois jovens oficiais, confiantes na fidelidade das duas irmãs de quem estão noivos, aceitam fazer uma aposta com um velho amigo solteirão, que sustenta ser mais curta do que pensam a memória de uma mulher. Seguindo suas instruções, os oficiais disfarçam-se em outras pessoas para que cada um faça a corte à noiva do outro. Os dois têm como cúmplice a criada das irmãs, Despina. Após alguma resistência, as irmãs sucumbem às investidas dos “estranhos” com os quais marcam o casamento. No entanto, eles desaparecem, para voltar em seguida com os uniformes. Fica claro então neste momento, a revelação da farsa.

Composta por Mozart no apogeu do seu gênio criativo superou até mesmo seus próprios e elevados padrões de variedade da imaginação. Momentos leves, alternados pelo drama e amargor dos personagens quando reconhecem que foram longe demais na brincadeira, compõe a criação. “Cosí fan Tutte” requer desempenhos sensíveis e muita inspiração dos cantores, orquestra e regente. É sobretudo, uma comédia pura com profundidade e emoção, que fala sobre os homens e seus costumes.
Fonte e imagem: Prefeitura de Chapecó


 

Fonte:PMC
Compartilhar página nas rede sociais:
CompartilharCompartilharTweetarCompartilharPin it

Últimos recados

Curta o nosso site!