Obs.: você está visualizando a versão para impressão desta página.
Voltar ao topo.Ver em Libras.
93,3 FMOuça ao vivo
Tocando agora:Daqui a pouco mais músicas na Oeste Capital!

Chapecó deve receber novas doses da Coronavac nesta terça-feira

« Mais recente🔀🛈Categoria:saúde
ImprimirReportar erroTags:estado, são, saúde, dose, municípios, ses e primeira298 palavras4 min. para ler
A Secretaria de Estado da Saúde (SES-SC) confirmou que nesta terça-feira (02), irá encaminhar 71.040 novas doses da vacina Sinovac/CoronaVac aos municípios. Os imunizantes serão enviados às 17 unidades descentralizadas de Vigilância Epidemiológica (UDVES) de Santa Catarina. São elas: Grande Florianópolis, Tubarão, Itajaí, Blumenau, Joinville, Jaraguá do Sul, Videira, Joaçaba, Concórdia, Xanxerê, Chapecó, Criciúma, Araranguá, Mafra, Lages, Rio do Sul e São Miguel do Oeste.
A logística em relação às rotas de entregas será mais uma vez organizada pela SES, com apoio das  forças de Segurança Pública de Santa Catarina, que farão a escolta da carga. O envio terá início a partir das 7h30 no centro de distribuição da Diretoria de Vigilância Epidemiológica (DIVE), em São José. Para as localidades de Chapecó, São Miguel do Oeste, Xanxerê, Concórdia, Joaçaba e Videira as vacinas serão encaminhadas por via aérea.
O secretário de Estado da Saúde, André Motta Ribeiro, destacou a agilidade da distribuição das vacinas no Estado, permitindo que todas as regionais recebam o insumo o quanto antes para a aplicação da segunda dose aos profissionais de saúde.
"O Estado não tem medido esforços para garantir que esse material seja entregue às regionais, e consequentemente, aos municípios, o quanto antes. Permitindo assim que possamos rapidamente avançar nas etapas de imunização”, reforçou.
Essa nova remessa atende aos municípios, conforme deliberação realizada entre gestores municipais e corpo técnico da SES em reunião extraordinária da Comissão Intergestores Bipartite (CIB) e seguindo o Plano Nacional de Imunização (PNI). Ela servirá para a segunda dose de vacinação dos profissionais de saúde na linha de frente contra a Covid-19 e demais grupos prioritários.
A primeira dose começou a ser aplicada no dia 18 de janeiro, poucas horas depois da chegada da primeira remessa do imunizante ao Estado.
Foto: Governo do Estado de São Paulo/ Divulgação

Últimos recados

Curta o nosso site!

Guardamos estatísticas de uso e utilizamos cookies para melhorar a sua experiência. Saiba mais em nossa política de uso.