Obs.: você está visualizando a versão para impressão desta página.
Voltar ao topoVer em Libras
93,3 FMOuça ao vivo
Tocando agora:Daqui a pouco mais músicas na Oeste Capital!

Trecho da BR-153 entre Irani e Concórdia não será privatizado#

« Mais recente🔀Categoria:Geral
ImprimirReportar erroTags:federal, pacote, trecho, concórdia, governo, ano e irani253 palavras2 min. para ler

O trecho da BR-153 entre Concórdia e Irani está fora do pacote de concessões do Governo Federal, anunciado no início do ano pela presidente Dilma Rousseff. A confirmação foi feita pelo deputado federal, Celso Maldaner (PMDB), à rádio Atual FM, de Concórdia. De acordo com ele, a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) não irá licitar a "privatização” do trecho.
A pressão para excluir a BR-153 do pacote de concessões do governo Federal ocorreu depois que os valores foram anunciados. Com o trecho de Concórdia e Irani o valor seria mais alto, porém excluindo os investimentos necessários o pedágio teria uma redução sensível.

Maldaner lamentou a medida adotada pelo Governo Federal que não irá incluir nesse pacote até o final do ano a licitação da BR-153. Investimentos como a duplicação não deverão ocorrer. A previsão era de instalar uma praça de pedágio na região de Cachimbo, próximo do posto da Polícia Rodoviária Federal.

O deputado não acredita que será possível incluir o trecho no pacote até o final do ano. A Agência Nacional de Transportes Terrestres divulgou inclusive no Diário Oficial da União os detalhes da concorrência pública excluindo Concórdia e Irani da duplicação até a divisa com o Rio Grande do Sul.


A saída do trecho do pacote foi anunciada em uma audiência pública em Chapecó. Lideranças políticas e entidades do Município se mobilizaram e participaram de reuniões em Curitiba no Paranás. Apesar do protesto de Concórdia contra a exclusão do trecho no pacote de concessão o Governo Federal não se sensibilizou.

Últimos recados#

Curta o nosso site#

Este site usa cookies para melhorar a navegação.
Termos legais e privacidadeOpt-out