Obs.: você está visualizando a versão para impressão desta página.
Voltar ao topo.Ver em Libras.
93,3 FMOuça ao vivo
Tocando agora:Daqui a pouco mais músicas na Oeste Capital!

Tradicionalista gaúcho Nédio Vani morre aos 72 anos

« Mais recente🔀🛈Categoria:Geral
ImprimirReportar erroTags:chapecó, nédio, auxiliou, cidade, exerceu, foi e feira184 palavras2 min. para ler
Nédio Vani, proprietário do estabelecimento Bolicho do Gaudério e ícone da cultura gaúcha em Chapecó, faleceu aos 72 anos, quinta-feira (7). A informação foi confirmada pelos familiares. Nédio enfrentava um câncer no intestino.
Ele será enterrado na manhã de sexta-feira (8), às 9h, no Cemitério Jardim do Éden. 
Histórico
Nédio nasceu em Getúlio  Vargas (RS),  em 29 de maio de 1949. Ele mudou-se para Chapecó em 1974, para trabalhar no Banco do Brasil. Exerceu o cargo de professor  de Ed. Física na Universidade, colégios, clubes, Associação Chapecoense de Futebol, APAE e outros. Em 1975, construiu em Chapecó um dos primeiros galpões campeiros de Chapecó, localizado  há 5km da cidade. Nédio se dedicou a escrever para jornais, apresentar programas de televisão, além de coordenar eventos voltados à cultura gaúcha.
Em 1986, desenhou e auxiliou na construção do galpão do CTG Vaqueanos D´Oeste, o primeiro da cidade com 1.740m2. Exerceu cargos dentro da Entidade Tradicionalista por mais de 15 anos. Em 1985 foi um dos responsáveis pela evolução da dupla "Osvaldir e Carlos Magrão” de Passo Fundo (RS), e auxiliou na gravação do primeiro LP.
Foto: Reprodução

Últimos recados

Curta o nosso site!