Voltar ao topo.Ver em Libras.
93,3 FMOuça ao vivo
Tocando agora: Daqui a pouco mais músicas na Oeste Capital!

TRÊS PESSOAS DA MESMA FAMÍLIA SÃO ENCONTRADAS MORTAS EM CHAPECÓ#

VoltarVeja também
« Última» Primeira🛈
ImprimirReportar erroTags:ramos, apurar, , tem, autoria, levando, consideração e esse508 palavras8 min. para ler
TRÊS PESSOAS DA MESMA FAMÍLIA SÃO ENCONTRADAS MORTAS EM CHAPECÓVer imagem ampliada
Três pessoas da mesma família foram encontradas mortas, na manhã desta quarta-feira (6), em um apartamento de um condomínio residencial, localizado na Avenida São Pedro, no bairro Pinheirinho, em Chapecó (SC). Entre as vítimas está uma criança de três anos.

O homem foi identificado como Michael de Gois de 32 anos, a mulher Eliane Mayeski de Gois de 28 anos e a filha do casal Elisa Mayeski de Gois. Segundo o sargento Garcias, da Polícia Militar, os vizinhos estranharam a ausência de movimentação da família. O carro estava fechado na garagem. Os moradores entraram em contato com as empresas em que o casal trabalhava e constataram que os dois tinham faltado ao serviço. A criança também não compareceu a escola.

A Polícia foi até o local verificar a situação. Sem conseguir contato com a família, chamou um chaveiro que abriu a porta. Dentro do apartamento, a guarnição encontrou três pessoas mortas. Um revolver calibre 38 está dentro do apartamento.

"Provavelmente o homem matou a esposa, a criança e posteriormente se matou”, disse o sargento.

A Polícia Civil foi acionada e será a responsável por investigar o caso. Conforme o delegado Vagner Papini, não se descarta nenhuma possibilidade ainda.

"Vamos requisitar o exame pericial com o IGP (Instituto Geral de Perícias), para verificar mais detalhes à cerca da morte, o horário aproximado que se deram essas mortes. É um caso que aparentemente já se tem a autoria, levando em consideração esse contexto apresentado na cena do crime, mas é algo que a gente ainda precisa esmiuçar, nos precisamos verificar o que efetivamente ocorreu", disse.

Uma carta de despedida foi encontrada no apartamento durante a perícia, e supostamente foi escrita por Michael Gois de 32 anos. 

A Polícia Civil confirmou que a carta foi localizada na cena do crime, mas ela não foi divulgado aos veículos de comunicação. Foi instaurado um inquérito para investigar as mortes. onfira a nota da Polícia Civil:
NOTA À IMPRENSA

A Polícia Civil, por meio da Divisão de Investigação Criminal de Chapecó, órgão com atribuição constitucional e legal para a apuração de infrações penais, dentre elas as de homicídio, considerando os reiterados pedidos de esclarecimentos por parte da imprensa quanto à veracidade das informações que circulam nas redes sociais acerca do documento encontrado no interior da residência localizada na Avenida São Pedro, no Bairro Pinheirinho, nesta Cidade de Chapecó, Estado de Santa Catarina, onde foram encontradas três vítimas em decorrência de disparos de arma de fogo, manifesta-se no seguinte sentido:

1. Foi instaurado o competente Inquérito Policial para apurar as circunstâncias das mortes, por meio do qual serão cumprindas todas as formalidades de praxe, com a requisição dos laudos perícias ao Instituto Geral de Perícias e a oitiva de eventuais testemunhas;

2. A Polícia Civil confirma a existência do documento em questão, porém não o divulgou e nem coaduna com a sua divulgação, até por respeito aos familiares da vítima;

3. Trata-se de documento localizado na cena do crime, cuja divulgação é passível de responsabilização penal.

Chapecó/SC, 06 de novembro de 2019.

Vagner Tiago Ramos Papini Delegado de Polícia Civil

Fonte:ClicRDC, Foto: Diego Antunes/ClicRDC

Últimos recados#

Curta o nosso site!#