Obs.: você está visualizando a versão para impressão desta página.
Voltar ao topoVer em Libras
93,3 FMOuça ao vivo
Tocando agora:Daqui a pouco mais músicas na Oeste Capital!

Semana decisiva para quem ainda não entregou a declaração do Imposto de Renda 2017#

« Mais recente🔀Categoria:Geral
ImprimirReportar erroTags:superior, venda, calendário, ano, prazo, dias e residenciais284 palavras3 min. para ler

Esta semana é decisiva para quem ainda não entregou a declaração do Imposto de Renda 2017. A quatro dias do prazo final, que é sexta-feira (28), os contribuintes devem se preparar para possíveis dificuldades nesses últimos dias de entrega, como falta de documentação e congestionamento no sistema para quem deixar a entrega para a última hora. O prazo para envio termina neta sexta-feira (28). A expectativa da Receita Federal é receber 28,3 milhões de declarações neste ano. Quem é obrigado a entregar
·                  Quem recebeu rendimentos tributáveis, sujeitos ao ajuste na declaração, cuja soma foi superior a R$ 28.559,70;
·                  Quem recebeu rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, cuja soma foi superior a R$ 40.000,00;
·                  Quem obteve, em qualquer mês, ganho de capital na alienação de bens ou direitos, sujeito à incidência do imposto, ou realizou operações em bolsa de valores, de mercadorias, de futuros e assemelhadas;
·                  Quem possui atividade rural e obteve receita bruta em valor superior a R$ 142.798,50;


  • Pretenda compensar, no ano-calendário de 2016 ou posteriores, prejuízos de anos-calendário anteriores ou do próprio ano-calendário de 2016;


  • Quem teve, em 31 de dezembro, a posse ou a propriedade de bens e direitos, inclusive terra nua, de valor total superior a R$ 300.000,00;


  • Quem passou à condição de residente no Brasil em qualquer mês e nesta condição se encontrava em 31 de dezembro;


  • Quem optou pela isenção do impostos sobre a renda incidente sobre o ganho de capital auferido na venda de imóveis residenciais, cujo produto da venda seja aplicado na aquisição de imóveis residenciais localizados no país, no prazo de 180 dias contados da celebração do contrato de venda, nos termos do art. 39 da Lei nº 11.196, de 21 de novembro de 2005.


Fonte:: G1

 

Últimos recados#

Curta o nosso site#

Este site usa cookies para melhorar a navegação.
Termos legais e privacidadeOpt-out