Obs.: você está visualizando a versão para impressão desta página.
Voltar ao topoVer em Libras
93,3 FMOuça ao vivo
Tocando agora:Daqui a pouco mais músicas na Oeste Capital!

Polícia Civil faz grande apreensão de maconha em Chapecó#

« Mais recente🔀Categoria:Geral
ImprimirReportar erroTags:droga, papini, delegado, residência, apreensão, investigação e identificar305 palavras3 min. para ler

Após uma investigação que durou três meses, a Polícia Civil (PC) realizou uma grande apreensão de maconha e prendeu dois homens suspeito de tráfico. A apreensão aconteceu na tarde desta sexta-feira (27), em uma residência localizada no loteamento New Villas, bairro Efapi, em Chapecó. De acordo com o Delegado responsável pela operação, Dr. Vagner Tiago Papini, da Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Chapecó, após receber informações que em uma residência acontecia o comercio de tráfico de drogas, iniciou-se uma investigação.–”Foi possível através de fotografias e vídeos, documentar a rotina diária de alguns traficantes que residem no bairro Efapi. Com base neste relatório eu representei pela busca e apreensão na residência destes indivíduos.”- explicou Papini.
Ainda de acordo com o Delegado, a operação que resultou na apreensão da grande quantidade de maconha contou com diversos policiais civis. Quando os policiais chegaram à residência, foi possível avistar dois indivíduos, identificados pelo Delegado como o dono da droga e um auxiliar do tráfico.
ORIGEM DA DROGA
Conforme Papini, até o momento não foi possível identificar o fornecedor da droga.
 – "A droga geralmente, vem do Paraná, Rio Grande do Sul e até mesmo da nossa fronteira. São vários os lugares de onde a droga vem. Essa, precisamente, a gente ainda não conseguiu identificar o ponto especifico e o principal fornecedor. Mas a investigação segue com o objetivo de identificar o maior número de pessoas envolvidas”. – diz o Delegado.
Inicialmente os investigados negaram a propriedade da droga, mas depois de certo tempo, ambos confessaram aos policiais que realmente eram os proprietários da droga. Ainda conforme Papini, os suspeitos presos seriam os responsáveis pelo abastecimento da droga em alguns locais da cidade – "O domicílio deles é no bairro Efapi, mas eles dividem a droga em vários bairros de Chapecó”- concluiu.
Fonte e imagem: Willian Ricardo/ClicRDC
 
 

 

Últimos recados#

Curta o nosso site#

Este site usa cookies para melhorar a navegação.
Termos legais e privacidadeOpt-out