Voltar ao topo.
93,3 FMOuça ao vivo
Tocando agora: Daqui a pouco mais músicas na Oeste Capital!

Operação Lava Jato chega a Joaçaba

« Anterior« Última» Próxima» Primeira
ImprimirReportar erroTags:região, off, recursos, ocultar, criadas, sido, teriam e exterior224 palavras3 min. para ler
Operação Lava Jato chega a JoaçabaVer imagem ampliada
Joaçaba - A Polícia Federal deflagra hoje (27) a 22ª fase da Operação Lava Jato, cumprindo seis mandados de prisão temporária e dois de condução coercitiva na capital paulista, em Santo André, São Bernardo do Campo (na grande São Paulo) e Joaçaba, em Santa Catarina, além de 15 mandados de busca e apreensão. A operação é chamada Triplo X.

Os presos serão levados para a superintendência da Polícia Federal em Curitiba, onde permanecerão à disposição da Justiça. Entre os crimes investigados estão corrupção, fraude, evasão de divisas e lavagem de dinheiro.

A PF apura a existência de estrutura criminosa na abertura de empresas off-shores e contas no exterior. Essas empresas teriam sido criadas para ocultar crimes de corrupção com recursos de delitos praticados na Petrobras.

A operação investiga a ocultação de patrimônio através de um empreendimento imobiliário. Há suspeitas de que uma das empreiteiras envolvidas na operação Lava Jato teria se utilizado do negócio para repasse disfarçado de propina a participantes do esquema criminoso da Petrobras.

Segundo a Rádio Catarinense, o procurador Carlos Fernando dos Santos Lima confirmou que em Joaçaba a Polícia Federal realizou buscas na casa de uma mulher que seria parente da dona de um apartamento investigado pela 22ª fase da Operação Lava-Jato em Guarujá, no litoral paulista. Mas a PF afirmou que as buscas "não surtiram o efeito esperado” na região.

Fonte:Agência Brasil
Compartilhar página nas rede sociais:
CompartilharCompartilharTweetarCompartilharPin it

Últimos recados

Curta o nosso site!