Voltar ao topo.Ver em Libras.
93,3 FMOuça ao vivo
Tocando agora: Daqui a pouco mais músicas na Oeste Capital!

JOVEM FOI MORTO APÓS BRIGA DE 10 SEGUNDOS EM CHAPECÓ

« Mais recente🔀🛈Categoria:Geral
ImprimirReportar erroTags:pena, se, meio, relatou, discussão, reiniciou, encontro e houve265 palavras4 min. para ler

Na manhã desta quinta-feira (12), o delegado da Divisão de Investigação Criminal (DIC), da Polícia Civil, Vagner Papini, em entrevista coletiva contou os detalhes da morte de Vítor Bellicanta ocorrido no dia 06 de outubro, em Chapecó (SC). Segundo investigação da DIC, o caso foi registrado na Avenida Getúlio Vargas, no centro do município.Segundo o delegado Vagner, a vítima de 18 anos foi baleada na nuca, o disparo saiu de um revolver calibre 38. O fato ocorreu após um desentendimento que durou cerca de 10 segundos. Vítor estava acompanhado do irmão mais novo e do pai no momento do crime, ele e os familiares estavam na fila de um telebier comprando energético.
O delegado da DIC, informou que a motivação do fato, foi um desentendimento que ocorreu entre a vítima e o suspeito há duas semanas antes do crime, "Eles estavam em um grupo de amigos bebendo no prolongamento da avenida. Nesse momento eles teriam se desentendido. A partir deste fato, ficou uma rivalidade. Quando houve o novo encontro no telebier, reiniciou a discussão”, relatou Vagner.
Após o crime, a Polícia Civil por meio da DIC, iniciou as investigações do homicídio. Testemunhas que estavam no local, prestaram depoimento para os policiais. Com base nos dados a Polícia chegou ao paradeiro do suspeito.
O homem está no Rio Grande do Sul. Segundo Papini, os familiares tentam conversar com o suspeito, para comparecer à Polícia de Chapecó.
Na noite do fato, a namorada do suspeito estava junto e, guardou o revólver na bolsa. A mulher vai responder junto com o envolvido por homicídio duplamente qualificado, com pena de 12 à 30 anos.

Fonte:/ClicRDC

Últimos recados

Curta o nosso site!