Voltar ao topo.Ver em Libras.
93,3 FMOuça ao vivo
Tocando agora: Daqui a pouco mais músicas na Oeste Capital!

INVESTIGADOS PELA POLÍCIA CIVIL PODEM TER FORNECIDO DROGA QUE MATOU JOVEM POR OVERDOSE EM CHAPECÓ

« Última» Primeira🛈
ImprimirReportar erroTags:matou, seriam, catarinenses, são, anos, casa, possuem e presos191 palavras3 min. para ler
INVESTIGADOS PELA POLÍCIA CIVIL PODEM TER FORNECIDO DROGA QUE MATOU JOVEM POR OVERDOSE EM CHAPECÓVer imagem ampliada
A Polícia Civil, entre a noite de sábado (14) e a madrugada de domingo (15) deflagrou a operação "Leprechaun” e prendeu sete pessoas por tráfico de drogas e organização criminosa, em Chapecó (SC) e Erechim (RS). As investigações apuraram que os suspeitos podem ter fornecido droga a jovem que morreu de overdose, em outubro deste ano, em Chapecó (SC).

Na manhã desta segunda-feira (16), o Delegado Rodrigo Moura concedeu uma entrevista coletiva para revelar detalhes da operação. Moura conta como funcionou a operação:
Polícia Civil monitorou os investigados e apreendeu 76 comprimidos de ecstasy, que seriam levados até uma festa noturna em Chapecó. Os presos possuem na casa dos 20 a 30 anos e são catarinenses, paranaenses e gaúchos.

Conforme o delegado, o chefe da organização é de Erechim (RS) e é investigado há bastante tempo pela Polícia Civil. O nome dos investigados não foram divulgados.

O Delegado explicou que no dia 20 de outubro deste ano, uma jovem – que participou de uma festa eletrônica em Chapecó-, morreu no Hospital Regional do Oeste (HRO), vítima de overdose. O nome da jovem não foi revelado. Segundo a investigação, os suspeitos podem ter fornecido a droga que matou jovem.

Fonte:ClicRDC, Foto: Diego Antunes/ClicRDC

Últimos recados

Curta o nosso site!