Obs.: você está visualizando a versão para impressão desta página.
Voltar ao topoVer em Libras
93,3 FMOuça ao vivo
Tocando agora:Daqui a pouco mais músicas na Oeste Capital!

Homem suspeito de furtar 14 celulares em estabelecimentos é preso com carro furtado em Chapecó

  1. Início
  2. BlogCentral de ajudaContatoEventosMapa do siteMural de recados
  3. Geral
  4. Homem suspeito de furtar 14 celulares em estabelecimentos é preso com carro furtado em Chapecó
Veja também
« Mais recente🔀🛈Categoria:Geral
ImprimirReportar erroTags:foi, furtos, suspeito, polícia, chapecó, homem e civil347 palavras3 min. para ler

Um homem, de 31 anos, foi detido nesta semana, enquanto dirigia um veículo Fiat/Uno furtado. De acordo com a Polícia Militar (PM), o homem é suspeito de ter realizado pelo menos 14 furtos de celulares em Chapecó nos últimos meses.Ele também é suspeito de ter furtado um caminhão em Chapecó, que foi abandonado em Ipuaçu (SC). A prisão do suspeito ocorreu através da troca de informações entre policiais militares de Bom Jesus, que atenderam a ocorrência, e Chapecó. A informação é de que logo após abandonar o caminhão, ele furtou o veículo para fugir e retornar a Chapecó. 
Após ser abordado, de acordo com a PM, ele assumiu ser autor dos furtos e foi conduzido à Central de Plantão Policial (CPP), da Polícia Civil, em Chapecó. O homem foi detido em flagrante em 2019 e estava em liberdade provisória. 
As ações do suspeito eram investigadas pela Delegacia de Repressão a Roubos e Furtos da Polícia Civil. Vídeos que circulam nas redes sociais mostram a atuação do suspeito, ele abordava estabelecimentos, distraia atendentes e furtava celulares objetos que estavam próximos.
O proprietário de um dos estabelecimentos que foi alvo das ações, que não quis ser identificado, relatou que o suspeito chegou no local e disse para a secretária que precisava de um frasco para repor a gasolina. Quando ela foi buscar o objeto, ele furtou dois celulares e foi embora.
As vítimas relataram aos policiais que ele chegava ao estabelecimento, pedia algo – que fazia com que elas se afastassem do local – e enquanto isso, furtava celulares. A ação do homem só era notada depois que ele já havia deixado o estabelecimento. 
A Polícia Militar, juntamente com a Delegacia de Repressão a Roubos e Furtos, da Polícia Civil, registraram os boletins e efetuaram contato com as vítimas. Todo o material probatório será encaminhado ao Poder Judiciário, através do Inquérito Policial instaurado pela Polícia Civil. De acordo com o delegado da Delegacia de Repressão a Roubos e Furtos, Arruda Chaves, o pedido de prisão preventiva do homem pela realização dos furtos está na mesa do juiz para decisão.

Últimos recados

Curta o nosso site!

Guardamos estatísticas de uso e utilizamos cookies para melhorar a sua experiência. Saiba mais em nossa política de uso.