Voltar ao topo.Ver em Libras.
93,3 FMOuça ao vivo
Tocando agora: Daqui a pouco mais músicas na Oeste Capital!

DIVULGADO O NOME DA ESCOLA QUE RECEBERÁ O MODELO CÍVICO-MILITAR EM CHAPECÓ

« Última» Primeira🛈
ImprimirReportar erroTags:reformas, contar, serviço, do, mínima, duração, defesa e ministério213 palavras3 min. para ler
DIVULGADO O NOME DA ESCOLA QUE RECEBERÁ O MODELO CÍVICO-MILITAR EM CHAPECÓVer imagem ampliada
A escola Professora Irene Stonoga, na avenida Marechal Deodoro da Fonseca, no bairro Maria Goretti, será a instituição que receberá o modelo cívico-militar em Chapecó. O anúncio foi feito pela deputada federal Caroline De Toni (PSL) e pelo Ministro da Educação Abraham Weintraub, nesta terça-feira (3).

As outras três escolas que receberão o modelo cívico-militar em Santa Catarina serão: Escola Emérita Duarte (Biguaçu), Escola Professor Ângelo Cascaes Tancredo (Palhoça) e Escola Básica Melvin Jones (Itajaí).  

O modelo das escolas cívico-militares abrange áreas didático-pedagógicas, com atividades que pretendem melhorar o processo de ensino-aprendizagem, mas preservando as atribuições exclusivas dos docentes. Todas as atribuições dos profissionais da educação previstas na Lei de Diretrizes e Bases (LDB) serão preservadas.

As escolas contempladas podem contar com militares da reserva das Forças Armadas para trabalhar nas unidades, em uma parceria entre MEC e Ministério da Defesa. A duração mínima do serviço é de dois anos, prorrogável por até 10 anos. Os profissionais vão receber 30% da remuneração que recebiam antes de se aposentar.

Há ainda a opção dos estados destinarem policiais e bombeiros militares da reserva para apoiar na administração das escolas. Nesse caso, o MEC repassa a verba ao governo estadual, que, em contrapartida, investirá na infraestrutura, com materiais escolares e pequenas reformas.

Fonte:ClicRDC, Foto: Reprodução/CDL Lages

Últimos recados

Curta o nosso site!