Obs.: você está visualizando a versão para impressão desta página.
Voltar ao topo.Ver em Libras.
93,3 FMOuça ao vivo
Tocando agora: Daqui a pouco mais músicas na Oeste Capital!

Com diminuição no risco da Covid-19, Chapecó adota novas medidas

« Mais recente🔀🛈Categoria:Geral
ImprimirReportar erroTags:santa, catarina, estado, regiões, risco, florianópolis, região e cor216 palavras3 min. para ler
O nível de risco de contágio da Covid-19 reduziu na região Oeste de Santa Catarina, conforme atualização do Governo de Santa Catarina nesta quarta-feira (4). Com a redução, Chapecó voltou a integrar o nível alto de contágio, ao invés do grave, como constava na atualização divulgada na semana anterior (28 de outubro). Conforme a Administração Municipal, com a diminuição do risco, praças, parques e espaços públicos voltam a ficar abertos. 
Atualização no Estado
O Governo de Santa Catarina e a Secretaria de Estado da Saúde atualizaram os dados da Matriz de Risco Potencial para todas as regiões de Santa Catarina. A região da Grande Florianópolis foi reclassificada para o risco Gravíssimo (cor vermelha), outras onze regiões encontram-se em estado Grave (cor laranja) e quatro em Alto (cor amarela).
A Grande Florianópolis abrange 22 municípios, a nova classificação afeta aproximadamente 1 milhão e 200 mil pessoas. Desde o último dia 15 de setembro, Santa Catarina não possuía região em estado gravíssimo.
A matriz traz alertas específicos,. Na taxa de ocorrência de óbitos, estão em alerta a regiões Extremo Oeste, Grande Florianópolis e a Serra Catarinense. Com relação a transmissibilidade as regiões em estado de atenção são o Extremo Sul, a Serra Catarinense, o Médio Vale do Itajaí, a Foz do Rio Itajaí, Laguna, Carbonífera e Nordeste.
Foto: Ricardo Wolffenbüttel / Secom

Últimos recados

Curta o nosso site!