Obs.: a página impressa não é necessariamente idêntica à página exibida na tela.
Item adicionado ao pedido! E agora?
Permanecer na página atualIr para a tela de finalização do pedido
Voltar ao topo.
93,3 FMOuça ao vivo
Tocando agora: Daqui a pouco mais músicas na Oeste Capital!

Campanha nacional de vacinação contra a influenza começa nesta segunda-feira

AnteriorPróximo
« Última» Primeira
ImprimirReportar erroTags:anhanguera, ovo, vacinação, postos, nacional, mobilização, ocorre e quando240 palavras4 min. para ler
Campanha nacional de vacinação contra a influenza começa nesta segunda-feiraVer imagem ampliada
A meta, segundo o Ministério da Saúde, é imunizar 54,4 milhões de pessoas, que fazem parte do grupo considerado “mais suscetível“ ao agravamento de doenças respiratórias. Até 14 de abril deste ano, o governo já registrou 392 casos de influenza em todo país, com 62 mortes. Público-alvo para receber as doses gratuitamente no SUS:
·         pessoas a partir de 60 anos
·         crianças de seis meses a cinco anos
·         trabalhadores da área de saúde
·         professores das redes pública e privada
·         mulheres gestantes e puérperas
·         indígenas


    [li]pessoas privadas de liberdade (incluindo adolescentes cumprindo medidas socioeducativas)[/li]

    [li]profissionais do sistema prisional[/li]

    [li]portadores de doenças que aumentam o risco de complicações em decorrência da influenza[/li]



A contraindicação da vacina é para quem tem alergia severa a ovo. O Ministério da Saúde confirmou também que o Dia D será no próximo dia 12 de maio, quando ocorre a mobilização nacional. No dia, os 65 mil postos de vacinação do país estarão em funcionamento. A meta, segundo o ministro Gilberto Occhi, é distribuir 100% das doses para todo o público-alvo e, se eventualmente houver uma sobra de vacina, as demais pessoas serão imunizadas. No ano passado, o país confirmou 394 casos confirmados de contaminação por uma das três variações da influenza. Ao todo, segundo a Saúde, 66 pessoas morreram. Já em 2018, dos 392 casos de influenza registrados em todo país, 62 resultaram em óbitos. Do total, 190 casos e 33 mortes foram por H1N1. Em relação ao vírus H3N2 foram 93 casos e 15 mortes.
Fonte: G1
Foto: Guilherme Mendes/TV Anhanguera
 
 
 

Fonte:G1
Compartilhar página nas rede sociais:
CompartilharCompartilharTweetarCompartilharPin it

Últimos recados

AnteriorPróximo

Curta o nosso site!

AnteriorPróximo