Voltar ao topo.
Oeste Capital 93.3 FM
93,3 FMOuça ao vivo
Tocando agora: Daqui a pouco mais músicas na Oeste Capital!

CHAPECÓ É A CIDADE COM MAIS CASOS CONFIRMADOS DE GRIPE A EM SC#

VoltarVeja também
« Última» Primeira🛈
ImprimirReportar erroTags:faleceu, apontava, municípios, registraram, é, idosa, junho e mais316 palavras5 min. para ler
Chapecó é a cidade catarinense que possui o maior número de casos confirmados de gripe A.  Também está entre as cidades com maior número de morte pela doença, com dois óbitos confirmados. O mesmo número de mortes foi confirmado em Tubarão, Blumenau e Joinville. Ao todo, já são 13 mortes e 106 casos de gripe no estado neste ano.

Os dados foram divulgados pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Dive-SC), na segunda-feira (10). No dia 31 de maio o boletim divulgado pelo órgão apontava para 12 mortes. Neste último tivemos mais um caso confirmado, no dia 3 de junho, em Joinville. Uma idosa de 79 anos morreu no município.  

Segundo informações da Dive, as pessoas que morreram tinham um fator de risco, que agravou o quadro, por exemplo, doença cardiovascular crônica e diabetes.

Dos 106 casos, 77 evoluíram para cura e 13 foram a óbito. Outros 16 casos aguardam evolução da doença. Chapecó possui o maior número de casos confirmados, são 16 casos segundo o relatório da Dive.

Na sequência aparecem: Blumenau com 12 casos; Joinville com 11 casos, Florianópolis com 9 casos, Brusque com 7 casos, Balneário Camboriú com 5 casos; São José com 4 casos; Itajaí, Jaraguá do Sul, e Tubarão com 3 casos cada e Pomerode com 2 casos. Outros 30 municípios registraram um caso cada.

Segundo o boletim, foram registradas 11 mortes pelo subtipo A H1N1 e duas pelo subtipo A H3N2. Além de Blumenau, Chapecó, Joinville e Tubarão, também foram registradas mortes em Balneário Camboriú (1), Brusque(1), Canoinhas(1), Jaraguá do Sul (1) e São Francisco do Sul(1).

No município, duas mulheres morreram por Influenza A (H1N1), no mês de maio. As duas vítimas apresentaram os sintomas da doença e estavam hospitalizadas. Até a última quinta-feira (06) foram registrados, segundo informações da Secretaria de Saúde, 44 casos suspeitos de Influenza e foram confirmados 16 casos.

Segundo informações repassadas pela Secretaria de Saúde, as duas vítimas residiam em Chapecó. Uma mulher de 54 anos morreu no dia 26 de maio. A outra vítima, de 59 anos, faleceu no dia 29 de maio.

Fonte:ClicRDC

Últimos recados#

Curta o nosso site!#