Voltar ao topo.Ver em Libras.
93,3 FMOuça ao vivo
Tocando agora: Daqui a pouco mais músicas na Oeste Capital!

Auditores fiscais que combatem trabalho escravo fazem paralisação em SC

« Mais recente🔀🛈Categoria:Geral
ImprimirReportar erroTags:foto, pararam, explica, prejudicada, será, apenas, dias e próximos219 palavras3 min. para ler

Auditores fiscais do trabalho em Santa Catarina fazem uma paralisação nesta quarta-feira (25) em protesto às mudanças feitas pelo Ministério do Trabalho na fiscalização de combate ao trabalho escravo, por meio da Portaria 1.129/17. O ato ocorre mesmo após a ministra do Supremo Tribunal Federal (STF), Rosa Weber, ter suspendido em decisão liminar (provisória) a portaria na terça (24). Em Florianópolis, a manifestação está prevista para acontecer até o início da tarde em frente a Superintendência Regional do Trabalho e Emprego, no Centro.De acordo com a presidente da Delegacia Sindical do Sindicato Nacional dos Auditores-Fiscais do Trabalho (DS-Sinait), Lilian Carlota Rezende, ao todo 58 auditores fiscais são concursados e estão em atividade no estado. "A fiscalização do trabalho escravo está parada em todo o estado. Hoje pararam praticamente todos os auditores, mas nos próximos dias apenas a atividade de fiscalização do trabalho escravo será prejudicada", explica a presidente. Desde 18 de outubro, já estão paralisadas, por tempo indeterminado, as fiscalizações específicas de combate ao trabalho escravo feitas pelos grupos estaduais, informou o sindicato. "Vamos destacar a realidade do combate ao trabalho escravo, apontar as fragilidades da Inspeção do Trabalho, como número insuficiente de auditores-fiscais, condições precárias de trabalho da categoria, entre outros problemas", informou o sindicato, em nota.
Fonte: G1
Foto: Lilian Carlota Rezende/Sinait

 

Fonte:/G1

Últimos recados

Curta o nosso site!