Obs.: a página impressa não é necessariamente idêntica à página exibida na tela.
Item adicionado ao pedido! E agora?
Permanecer na página atualIr para a tela de finalização do pedido
Voltar ao topo.
93,3 FMOuça ao vivo
Tocando agora: Daqui a pouco mais músicas na Oeste Capital!

Testemunha de acidente com 5 mortes diz que carro estava desgovernado

AnteriorPróximo
« Última» Primeira
ImprimirReportar erroTags:regular, fatal, moravam, eles, família, chegada, laudos e periciais322 palavras4 min. para ler
Testemunha de acidente com 5 mortes diz que carro estava desgovernadoVer imagem ampliada
Colisão entre caminhão e carro ocorreu na noite de domingo, em Nonoai.

Polícia já começou a colher depoimentos de pessoas que estava no local.



Uma testemunha do acidente que resultou em cinco mortes na ERS-406 em Nonoai, na Região Norte do Rio Grande do Sul, relatou à Polícia Civil que o carro estava desgovernado antes de bater em um caminhão na noite de domingo (28). A inspetora Adriana de Fátima Stieven, da delegacia do município, ouviu na manhã desta segunda-feira (27) o motorista que presenciou a colisão.

“Tenho o conhecimento de um motorista que vinha atrás. Ele disse que o carro estava `zanzando` de um lado para o outro, desgovernado. Ao que tudo indica, ele bateu em um primeiro caminhão, e estava desgovernado até bater no segundo caminhão, que foi a batida fatal“.

Os cinco mortos estavam no veículo menor e, segundo a Brigada Militar, eram da mesma família. Eles moravam em Chapecó, Santa Catarina. O condutor do carro, um Ford Ecosport, foi identificado como Dilson Tagarra, de 66 anos. Os passageiros eram Marli Terezinha Piovensan Tagarra, 55 anos, Diogo Felipe Piovesan Tagarra, 32, Neliana Vieira, 28, e Vicente Felipe Tagarra, de três anos.

Conforme a inspetora, ainda não é possível dizer se houve consumo de bebidas alcoólicas ou se o veículo estava em alta velocidade. Essas informações só serão confirmadas com a chegada de laudos periciais, que podem levar meses.

A polícia pretende ouvir novas testemunhas do acidente nos próximos dias. O motorista do primeiro caminhão que se envolveu no acidente  foi ouvido na delegacia de Erechim, na mesma região. Não há prazo definido para a conclusão do inquérito.

Segundo o Comando Rodoviário da Brigada Militar de Nonoai, a colisão ocorreu no km 25 da rodovia por volta das 20h de domingo. O Ford Ecosport, com placas de Chapecó (SC), bateu frontalmente com o caminhão, com placas de Xanxerê (SC). O motorista da carreta ficou ferido e foi encaminhado para o hospital do município em estado regular.

Fonte:G1
Compartilhar página nas rede sociais:
CompartilharCompartilharTweetarCompartilharPin it

Últimos recados

AnteriorPróximo

Curta o nosso site!

AnteriorPróximo