Voltar ao topo.
93,3 FMOuça ao vivo
Tocando agora: Daqui a pouco mais músicas na Oeste Capital!

Polícia civil prende EM flagrante, mãe que torturava filha POR não fazer AS tarefas domésticas EM Chapecó

« Anterior« Última» Próxima» Primeira
ImprimirReportar erroTags:realizavam, acompanhados, diligência, saíram, policiais, situação, diante e alimentação213 palavras3 min. para ler
Nesta terça-feira (27), a Polícia Civil, por meio da DPCAMI Chapecó, prendeu em flagrante uma mulher de 27 anos por tortura.

O conselho tutelar recebeu denúncia de que uma criança, de 10 anos, havia sido agredida pela mãe. A conselheira foi até a escola onde a criança estava e constatou que tanto a criança, quanto sua irmã apresentavam sinais de agressões recentes e antigas. O caso foi comunicado à DPCAMI que encaminhou as crianças para atendimento psicológico e exame pericial. 

Confirmada as agressões e sua frequência, a Autoridade Policial verificou que a criança havia sido agredida há poucas horas por não ter lavado a louça. Foi verificado, ainda, que ambas as crianças eram obrigadas a realizar as tarefas domésticas e, quando não a realizavam, sofriam penalidades por meio de agressões e restrição de alimentação.

Diante da situação, os policiais saíram em diligência acompanhados do Conselho Tutelar. Eles localizaram a mãe das crianças e deram voz de prisão à ela.

Todos foram conduzidos à Central de Plantão Policial onde a mulher foi autuada pelo crime de tortura contra a filha. Também será instaurado inquérito policial para apurar as agressões praticadas contra a outra filha.

A mãe será ouvida pelo juiz e Ministério Público em audiência de custódia para verificar se poderá aguardar o processo em liberdade.

Fonte:ClicRDC
Compartilhar página nas rede sociais:
CompartilharCompartilharTweetarCompartilharPin it

Últimos recados

Curta o nosso site!