Voltar ao topo.
93,3 FMOuça ao vivo
Tocando agora: Daqui a pouco mais músicas na Oeste Capital!

Oswaldo Loureiro, ator e diretor, morre aos 85 anos

« Anterior« Última» Próxima» Primeira
ImprimirReportar erroTags:tv, era, mãe, artistas, família, veio, astros e batalha234 palavras3 min. para ler
Oswaldo Loureiro, ator e diretor, morre aos 85 anosVer imagem ampliada
O ator e diretor Oswaldo Loureiro morreu na madrugada deste sábado, aos 85 anos, em decorrência de uma parada cardíaca. Ele sofria de Alzheimer. Em seus perfis no Facebook, a filha do ator, Claudia, e a sobrinha, Mônica, lamentaram a morte. Ele estava internado no Hospital São Luiz, em São Paulo. O velório aconteceu na tarde deste sábado (3) no Jardim da Colina, em São Bernardo do Campo, das 14h às 17h, seguido da cremação. Casado com Madalena Loureiro, ele deixa filhos e netos.
Nascido em 1932, no Rio de Janeiro, Oswaldo Loureiro atuou em mais de 140 peças, 33 filmes e mais de 20 novela na Globo. Entre elas, foi destaque em “Sangue e Areia“ (1968) e “Véu de Noiva“ (1969), de Janete Clair, “Roque Santeiro“ (1985), de Dias Gomes, e “Que Rei sou Eu?“ (1989), de Cassiano Gabus Mendes. Como diretor, colaborou com o seriado “O Bem-Amado“ (1980-1985), o humorístico “Os Trapalhões“ (1982-1988), e o programa de variedades “Batalha dos Astros“ (1983). Oswaldo veio de uma família de artistas: a mãe era cantora lírica, o pai, jornalista e ator; as irmãs, bailarinas do Theatro Municipal. Sua estreia profissional foi em 1955, aos 23 anos, quando integrava a companhia de teatro de Henriette Morineau, na peça Vestido de Noiva - famosa montagem de Nelson Rodrigues. No cinema, atuou em mais de 30 filmes, como “O beijo no asfalto“ (1981) e “O homem nu“ (1968). Sua última novela foi “A lua me disse“, de 2005.
Fonte: G1


Foto: Nelson di Rago/TV Globo

Fonte:G1
Compartilhar página nas rede sociais:
CompartilharCompartilharTweetarCompartilharPin it

Últimos recados

Curta o nosso site!