Obs.: a página impressa não é necessariamente idêntica à página exibida na tela.
Voltar ao topo.
Oeste Capital 93.3 FM
93,3 FMOuça ao vivo
Tocando agora: Daqui a pouco mais músicas na Oeste Capital!

O novo prolongamento da Getúlio Vargas: mais um capítulo na história de Chapecó

« Anterior« Última» Próxima» Primeira
ImprimirReportar erroTags:comum, percebendo, trânsito, famílias, identificamos, tecnicamento, nossos e problemas455 palavras7 min. para ler
O novo prolongamento da Getúlio Vargas: mais um capítulo na história de ChapecóVer imagem ampliada
Chapecó foi projetada para ser uma cidade moderna, com avenidas largas e aspectos que traduzem a preocupação com o crescimento urbano. Em um eixo estratégico foi aberta a rua de 40 metros de largura para ser a avenida central de Chapecó. Ela passou a se chamar oficialmente Avenida Presidente Getúlio Vargas em 1938, por meio de Decreto Municipal – uma homenagem ao ex-Presidente da República, Getúlio Dornelles Vargas. A via corta a cidade ao meio e concentra quatro dos principais pontos turísticos: a Praça Coronel Ernesto Bertaso, o Monumento Desbravador, a Catedral Santo Antônio e o Museu de História e Arte, o único prédio tombado da cidade, onde funcionou a primeira Prefeitura. 
 
Em sua essência, a Getúlio Vargas revela grandes acontecimentos dos quase 100 anos da Capital do Oeste. De chão batido, recebeu a infraestrutura asfáltica nos mandatos dos ex-prefeitos Altair Wagner, Milton Sander e Ledônio Migliorini. Agora, em 2016, na Administração de Luciano Buligon, a história da Getúlio ganha mais um capítulo.  Nesta sexta-feira (10-06) será entregue oficialmente o novo prolongamento da Av. Getúlio Vargas, totalmente recuperado, entre as ruas Xanxere e Sicilia.
 
Em 2,4 kms da avenida, no sentido Norte-Sul, o recape da malha viária contemplou remendos superficiais e profundos, fresagem, ajustes de meio-fio, revisão da drenagem pluvial, base e capa definitiva do asfalto, sinalização vertical e horizontal e implantação de dispositivos de acessibilidade. “Nosso objetivo é melhorar a vida das pessoas, fazer com que passem menos tempo no trânsito e mais com suas famílias. Com o Plano de Mobilidade Urbana identificamos tecnicamento os nossos problemas e agora estamos tirando as propostas do papel e percebendo o benefício das soluções esperadas pela população”, complementou o Prefeito, Luciano Buligon. 
Muito em breve a Getúlio Vargas vai ganhar mais 700 metros de comprimento nas proximidades do Shopping, ampliando em mais de 10% sua extensão de 6,35 kms, conforme banco de dados da Secretaria de Desenvolvimento Urbano de Chapecó (SEDUR). Numa área de 500 mil metros quadrados de propriedade do seu Severino Tozzo, o empresário João Roman Neto idealizou o “loteamento Avenida”. 

O projeto de expansão foi aprovado pelo Conselho Municipal de Desenvolvimento Territorial. O Loteamento Avenida possuiu 31 quadras com 446 lotes para moradias, quatro lotes para áreas verdes e outros quatros para áreas institucionais. O empreendimento terá ciclovia, implantação dos dispositivos de acessibilidade e toda a infraestrutura necessária em conformidade com o novo Plano Diretor de Chapecó. 

Hoje a Getúlio termina próximo ao Shopping, com conversão à esquerda para a rua Xanxerê. O empreendimento também irá contribuir com a mobilidade urbana de Chapecó, pois cria dois eixos de conexão indiretos para o acesso Plínio Arlindo De Nes, pela rua Humaitá. “A nossa intenção é deixar um legado para o desenvolvimento urbano de Chapecó e para o bem comum”, complementou João Roman Neto. 
 

Fonte:Prefeitura de Chapecó
Compartilhar página nas rede sociais:
CompartilharCompartilharTweetarCompartilharPin it

Últimos recados

Curta o nosso site!