Voltar ao topo.
93,3 FMOuça ao vivo
Tocando agora: Daqui a pouco mais músicas na Oeste Capital!

Edinho usou até pescaria para fugir de “depressão“ antes de voltar ao Grêmio

« Anterior« Última» Próxima» Primeira
ImprimirReportar erroTags:campo, mandar, abraço, rapaziada, ajudou, revelou, teve e alguns369 palavras5 min. para ler
Edinho usou até pescaria para fugir de “depressão“ antes de voltar ao GrêmioVer imagem ampliada
Volante falou sobre período de seis meses afastado do elenco principal do Tricolor, em que se refugiava em praia, pescava de madrugada e recebia ligações de Tinga


Seis meses sem poder fazer o que mais gostava. Porque já diria o ditado, treino é treino, jogo é jogo. E Edinho não participava do ritual de partidas há seis meses no Grêmio, preterido por Felipão, até ser reintegrado pelo técnico Roger Machado há algumas semanas. O volante lembrou dos novos amigos feitos em Atlântida, no litoral gaúcho, onde passou grande parte dos seus dias pescando para amenizar uma depressão que começava a tomar a cabeça do atleta. 

Foi na praia que Edinho iniciou a sua recuperação. Estava já passando por maus momentos em casa e, segundo o próprio, com uma quadro depressivo. Com as viagens para o litoral gaúcho, conseguiu descansar a cabeça para suportar o período sem jogar. Desde janeiro, estava treinando fora do elenco principal do Grêmio. Após treinos, Edinho pegava o carro e vencia os cerca de 130km para pescar. 

- Neste momento, me agarrei em coisas simples e boas. Fiz novas amizades com o pessoal, estava entrando quase em depressão. Comecei a pescar na plataforma de Atlântida. Pegar papa-terra (tipo de peixe), tenho um amigo que pesca. Queria mandar um abraço para a rapaziada que me ajudou bastante - revelou Edinho. 

Edinho teve alguns contatos durante o período. Um deles foi do ex-companheiro de Inter, Tinga, que deu força para que o volante voltasse mais forte. A nova chance veio após uma conversa com Roger, que perguntou como ele se sentia. O jogador deixou claro que tinha “muita vontade“ de jogar. Ganhou a nova chance e agradece ao treinador e à diretoria gremista por isso. Pelo período fora dos planos, garante que não tem mágoa alguma com o técnico Felipão, que optou por não utilizá-lo no início de 2015. 

Edinho voltou a jogar neste sábado, na vitória sobre o Palmeiras, na Arena, quando entrou aos 35 minutos do segundo tempo. Não atuava desde o dia 21 de agosto, pelo Brasileirão do ano passado. Havia sido relacionado para a rodada anterior, quando o Tricolor venceu o Atlético-PR, também na Arena. Passa a ser alternativa para Roger no meio-campo. 

Fonte:globoesporte.com
Compartilhar página nas rede sociais:
CompartilharCompartilharTweetarCompartilharPin it

Últimos recados

Curta o nosso site!